Eu não sou Você


Será que é difícil entender isso? As relações poderiam ser mais brandas se cada um tivesse a noção de sua realidade sem tentar impor sua forma de pensar e sim entender o que cada um é, aceitando e respeitando as diferenças.

Muitas relações vão até o abismo da incoerência por falta da visão do outro como um ser diferente que muitas vezes muda se tornando personagens de uma peça que nem sempre terá um final feliz. Triste será aquele que muda pelo outro para ser exatamente o que não é. Feliz daquele que sendo outro respeita aquele que quer ser ele mesmo.

A vida nos mostra que os opostos se atraem. Muitas vezes as interpretações por serem diferentes levam para a zona de conflito, mas a atração acontece pelo fato de não serem iguais, pois sendo diferentes e respeitando as diferenças irá existir a troca e o amadurecimento da relação. Ninguém é tão igual a ninguém apesar das afinidades de gostos, gestos e atitudes que muitas vezes são comuns e agradam a todos, mas no fundo as semelhanças serão vistas como diferenças e essa magia é perfeita.

Desde cedo ensinamos aos nossos filhos a não cometerem os mesmos erros que cometemos e vamos impondo nossa experiência de acordo com os acontecimentos, mas a vida não se repete igual para nossos filhos, ela nos desafia a fazê-los melhores e nesta tentativa às vezes os estragamos pelo excesso de cuidado e excesso de desejo que sejam nós mesmos novamente, de novo, outra vez... . Ledo engano! Eles são diferentes, apesar de parecidos, pois diferentes de nossos pais seguimos caminhos que os mesmos nunca ousaram seguir. Portanto o caminho deles será trilhado com nosso farol ligado e o respeito acentuado na formação da sua personalidade que, a contra gosto, poderá ser bem diferente do que gostaríamos que fosse.

Vamos ser o que somos e respeitar cada um do jeito que é aceitando criticas e opiniões como algo que venha a fortalecer a nossa personalidade e a nossa condição de seres humanos. Evoluindo com as mudanças e mudando com a evolução!

-

Asttor Cirne é administrador, observador assíduo do cotidiano, amante da música, leitura e literatura, atento a tudo e a todos e blogueiro Contextual.

#AsttorCirne

* Este é um espaço de diálogos e discussões e não serão aceitos comentários desrespeitosos e ofensivos, em qualquer aspecto.*