Poesia à Distância

#poesia

Eu num lado do mundo,

Noutro lado do mundo, você.

Mundo este que não se sabe ao certo,

Se à mostra, ou pelo invisível coberto,

Pois se os meus olhos buscam a fundo,

Mesmo que haja uma muralha de chumbo,

A tua beleza eu consigo ver.

Vendo através do Mundo...

Eu, de um rio, numa margem,

Você, noutra margem do rio.

Rio este de água ou de nada,

Que me afastando a tua boca calada,

Fizeste-me a tua voz ouvir,

Pois abrindo lábios, a sorrir,

A linda voz o meu ouvido ouviu.

Ouvindo através do rio...

Eu numa parte do sonho,

Noutra parte você, a sonhar.

Sonho este que se faz etéreo,

Que termina com todo o mistério

E não me faz ao final tristonho,

Pois em ti, as esperanças ponho,

A fim de um dia poder te tocar.

Tocando através do sonho...

-

Ferreira d’Baco, blogueiro Contextual

#FerreiradBaco #poesia

* Este é um espaço de diálogos e discussões e não serão aceitos comentários desrespeitosos e ofensivos, em qualquer aspecto.*