Modo de usar


Gosto deste momento

Em que tudo silencia

Em que as almas se confessam

E não existe penitência

Visto meus pés sem pecados

E sigo na caminhada

Pés no chão pra abrandar o coração

A minha alma é branda

E o meu coração é tão cheio de esperança

Que canta até quando chora

Só pra me fazer teimar

Que é bom estar aqui

Pés na terra, lá vou eu

Tomo os meus pés nas mãos

Beijo-os antes de usá-los.

-

Maria Angélica Pereira, mulher, Oficiala de Justiça, viajante do mundo e da alma, amante do riso, otimista incurável e blogueira Contextual.

#MariaAngélicaPereira #poesia