Frustração

É terrível atingir a linha de chegada

e ver que não fui eu a pessoa a quebrar a fita.

Depois de tamanha dedicação sofrer esta paulada.

Algo, que inicialmente não se explica e somente irrita.

Lutei tanto, suei como nunca e batalhei demais.

Faltou tão pouco. Milésimos no atletismo

ou milímetros no arco e flecha, era só um pouco a mais.

Será que me apliquei o suficiente? Ou foi comodismo?

Porque perdi? Porque tinha alguém melhor.

E o pior é saber disso. A frustração que isso causa,

o sentimento que isso gera traz um amargo sabor.

Acho que tudo isso, pede uma pausa...

Parafraseando um grande companheiro de profissão

e profundo conhecedor do assunto, “O vendedor vai do inferno

ao paraíso em questão de segundos, e vice-versa...”

Esta frase é linda e de um sentido tão amplo que atinge a todos.

No tiro ao alvo da vida não poupamos nem mesmo o coração.

Ele fica ali quietinho, suportando tudo como se fosse eterno.

Porém um dia ele nos avisa, avisa da forma mais perversa

Nos fazendo perceber quão tolos somos.

Eu não queria me sentir assim, mas hoje eu perdi.

E para crescer vou ter que sofrer mais esta experiência.

Eu não queria me sentir assim, mas hoje eu desisti.

Dói demais, dói muito a força da ausência.

Eu quero aquela vontade de volta,

quero objetivar o inatingível e lutar para chegar lá.

Não posso deixar essa ânsia solta,

exemplos IMPORTANTES eu tenho que carregar.

Aquele piloto que muitas vezes caiu mas nunca se abateu

e, eternamente estará no pódio da vida.

Ou aquele cantor de letras memoráveis que também morreu,

mas que até hoje surpreende, me emociona e toca na ferida.

E ainda o inventor deslumbrado, de internacional reconhecimento

que com suas criações melhorou todo o nosso futuro.

Ou o Barão que sonhou com a nossa industrialização e desenvolvimento,

e que muitas vezes deu com burros n’água em investimentos e furos.

Eu não sei o que você sente quando lê este poema.

A intenção não é, absolutamente, criar um dilema.

E sim fazer brotar em ti a eterna dialética

de lutar para conquistar sem perder a ética.

Isso mesmo brasileiro, lute como sempre fez

Frustre-se como eternamente se frustrará

Não desista nunca, porque em nenhuma vez

Você se arrependerá.

Eu comecei a escrever de coração apertado.

Sem imaginar onde iria parar.

Mas agora me sinto alegrado.

Tão feliz que poderia irradiar

para você, a vontade que estou sentindo.

E novamente me frustrar...

----

Eduardo Souza, administrador, DJ, curioso, poeta, inconformado e blogueiro Contextual.

#EduardoSouza