Eu enxergo


(palavras dedicadas a Pedrinho*).

Carrego aqui um abraço carinhoso

Um amor que não cabe em mim

A certeza de uma longa estrada

Que parece não ter fim

**

Tudo ainda no começo

Tudo ainda muito novo

**

Pergunto tudo outra vez, pergunto tudo de novo

Cada som que ouço é um olhar da minha alma

Abaixo a cabeça, concentro-me, apenas sinto

**

Minha vida não será fácil, mas não quero fazê-la difícil

Vou enfrentar com doçura a amargura

Percorrer meu sacrifício

Não preferi ser assim. Não sei se a vida tem que ser justa. Talvez ela não seja mesmo.

**

Mas ser diferente não me faz menor. Faz-me especial, maior, mais forte e normal.

Daqui eu vejo ondas sonoras, escuto o que ninguém escuta. Pequenos estalos, quem fez, de onde fez. Eu tenho um olhar diferente sobre o mundo.

**

Enxergo pelos meus ouvidos, aguço os meus sentidos. Ouço as cores, ouço as paisagens, imagino o colorido.

**

Sim, o mundo é belo para mim. O meu mundo é perfeito. Não preciso de choro e nem de lamento. Preciso que confiem em mim. Eu posso ser feliz, explorar meu tempo, voar com o vento.

**

Enxugue essas lágrimas. Eu posso tudo o que eu quero. Eu tenho o que preciso. Eu não olho, mas eu enxergo.

(*) Nota do autor: Pedrinho é um garoto de apenas seis anos. Divertido, curioso e amado pela sua família, ele brinca e estuda como qualquer menino da sua idade. Por ter nascido sem enxergar, é ainda mais especial. Pedrinho tem uma sensibilidade ímpar e outros sentidos muito mais desenvolvidos do que outros garotos. Ele tem também o que se chama de "ouvido absoluto", que é a capacidade de reconhecer quaisquer acordes musicais apenas pelo som. É uma criança muito feliz e que faz felizes todos os que têm a chance de cruzar seu caminho. Eu a tive. E por isso sou muito grato.

-

Rômulo Gabriel Lunelli. Canhoto, casado com o direito, amante da música e dando uns pegas na literatura. Cantor, compositor, instrumentista e fundador do projeto MWSA (Music, Wine and Some Attention). Pai apaixonado e procurador federal. Blogueiro Contextual.

#RômuloLunelli